Corrida Amstel Gold

A Corrida Amstel Gold é uma das Clássicas de Ardennes (apesar de estar situada na Holanda) e acontece no domingo, 18 de abril de 2021.

A corrida geralmente proporciona uma disputa acirrada sendo a primeira das três Ardenas, antes de La Flèche Wallonne e Liège-Bastogne-Liège. Depois de um ano fora devido ao cancelamento por conta da pandemia de Covid-19, ela está de volta!.

Ocupando um lugar no UCI WorldTour e no UCI Women's WorldTour , as corridas masculinas e femininas atraem os melhores ciclistas do mundo.

A última edição da corrida, em 2019, viu o vencedor da prova masculina Mathieu van der Poel (Alpecin-Fenix) vencer após sozinho buscar a escapada, e ter deixado um seleto grupo pra trás no sprint final. A vencedora da prova feminina, Kasia Niewiadoma (Canyon-SRAM), venceu solo, enfrentando a formidável Annemiek van Vleuten (Movistar).

Ambas as corridas têm times excepcionalmente fortes, mais uma vez, com os maiores nomes do ciclismo se unindo para lutar com Primož Roglič (Jumbo-Visma) e Marc Hirschi (Emirados Árabes Unidos) que devem se juntar aos clássicos para os homens.

Na prova feminina, a lista de ciclistas fantásticas conta com Niewiadoma, Van Vleuten, bem como Anna van der Breggen (SD Worx), Elisa Longo-Borghini e Lizzie Deignan (ambas Trek-Segafredo).

Percurso Corrida Amstel Gold 2021

 

A 56ª edição da corrida contará com as mesmas estradas estreitas, subidas curtas, curvas e voltas. Tudo que esperamos das Clássicas de Ardennes!

A rota foi alterada drasticamente em 2017, mudando a chegada de Cauberg para quase 2 km a adiante, agora a Bemelerberg é a subida final.

O percurso masculino de 263km mudou ligeiramente em 2018 e manteve-se o mesmo em 2019, com uma distância de 265,7km. No entanto, houve uma mudança substancial este ano devido às restrições da Covid-19, permitindo que a corrida acontecesse. Este ano (2021) a corrida foi ligeiramente encurtada para 216,75 km.

O percurso começa, como de costume, em Valkenberg. Serão 12 voltas locais e uma volta final por estradas diferentes. O percurso inclui as subidas do Cauberg, do Geulhemerberg e do Bemelerberg nas voltas de 16,9 km, sendo a última volta igual às das duas edições anteriores.

A corrida é famosa por suas estradas estreitas, subidas curtas e descidas rápidas que geralmente causam uma corrida explosiva.

A escalada mais famosa é o já mencionado Cauberg, mas a corrida também pode ser resolvida na subida final do Bemelerberg e do Geulhemmerberg, sem falar nos várias outras subidas ao longo do trajeto.