Independentemente da situação do COVID-19 as Olimpíadas seguirão em frente, insiste o presidente do Tóquio 2020